Poesie sulle donne

Nuovi autori:

Poesie sulle donne
a tema:

Speciali sulle donne:

Autori piu' pubblicati:


Archivio poesie:

Gli autori:

Mulher menina

Ana Stoppa

Povoados de muito amor
Eram os sonhos da menina
Longas tranças, olhos verdes
E um mundo por descobrir

Quis lhe dar o bom destino
Inteligência, doçura e tino
A pequena se destacava
Desde as primeiras letras

Sentia- se porém diferente
Em meio a tantas pessoas
Rapidez nas idéias concisas
Que voavam feito pássaros

Percebeu desde bem cedo
O existir causava medo
Aprendeu cedo a silenciar
A guardar na alma segredos

Na precoce adolescência
Talvez pelo árduo trabalho
Aliado ao aprendizado
Não viu o tempo passar

Subtraíram- lhe etapas
Adolescência, juventude
Enxergava o mundo rude
Duro como bola de gude

A menina adormeceu
Juntamente com os sonhos
Fez- se mulher guerreira
Superou o eu tristonho

Entregou- se aos estudos
Priorizou o conhecimento
Saiu em busca da verdade
Sem perder a simplicidade
Passaram- se poucas décadas
Colheu os frutos do amor
Distante do afeto sonhado
Vestiu- se de paz e coragem

Preparou- se para o mundo
Aprendeu a se dar valor
A conhecer sua capacidade
Em benefício da sociedade

Tornou- se poetisa, escritora
De versos, causos e contos
Vitoriosa hoje comemora
Nunca achou nada pronto

Mas este não é o ponto
Que trás luz à esta mulher
O aprendizado constante
A torna feliz, radiante.

No retrovisor da alma
Enxerga etapas passadas
E a evolução espiritual
Como algo que faz bem

Se prantear ou se sorrir
Pouco importa o sentido
Porque o encanto reside
No simplesmente existir.
Mulher menina

Ana Stoppa | Poesia pubblicata il 02/03/14 | 1714 letture

Nota dell'autore:

«Poesia escrita para a menina que vive no coração de cada mulher.»

 
<< SuccessivaPrecedente >>
<< Successiva di Ana StoppaPrecedente di Ana Stoppa >>
 

Opera pubblicata ai sensi della Legge 22 aprile 1941 n. 633, Capo IV, Sezione II, e sue modificazioni. Ne è vietata qualsiasi riproduzione, totale o parziale, nonché qualsiasi utilizzazione in qualunque forma, senza il consenso dell'Autore.

Ana Stoppa ha pubblicato in questo sito:

 Le sue 11 poesie

La prima poesia pubblicata:
 
Mulher - A Metamorfose do Amor (06/03/12)

L'ultima poesia pubblicata:
 
Mãe (15/05/17)

Una proposta:
 
Minha canção (17/03/15)

La poesia più letta:
 
Mulher - A Metamorfose do Amor (06/03/12, 4578 letture)


  


Ana Stoppa

Ha scritto anche…

Ultime poesie pubblicate:

Ha pubblicato…

11 poesie sulle donne:



La più letta…

Pubblica in…

Ha una biografia…

Ana Stoppa Leggi la biografia di questo autore!




Sito di poesia: pubblicare poesie su Internet

Poesie sulle donne più recenti
nel sito: